• A nossa aventura

    Inicio da nova aventura

    Mochila pronta… Não! Espera! Esqueci-me da naninha favorita… Talvez seja preciso mais uma chucha. Pronto agora sim, está tudo. Respirei fundo. Guardei as lágrimas no bolso e amarrotei só mais um bocadinho o coração. Entrei meio que a medo e desejei (mais uma vez) para que Elas tivessem o mais doce sorriso e amor no olhar. Mentalmente fiz a lista de tudo o que não me podia esquecer de lhes dizer, de todas as coisas que precisava de deitar para fora para garantir que ficavas bem. E tu?! Tu corrias corredor a cima e a baixo como que se reencontrasses velhos amigos e novos lugares para explorar. Saltaste para dentro…

  • A nossa aventura

    Hoje o tempo parou e voltas-te a ser o meu bebé pequenino.   Tapaste as nossas cabeças com a tua naninha, deitas-te a cabeça no meu peito e ficas-te assim a contemplar-me. Colocaste a mão na minha cara. Não sei quanto tempo passou, perdi a noção, o mundo parou de girar e, naquele momento, só existíamos nós. Durante aqueles momentos voltei atrás no tempo, quando gostavas de passar horas no colinho e o mundo era todo nosso. Tão depressa o fizeste, como de seguida saltaste para o chão e continuaste a tua brincadeira como se nada tivesse passado. E a realidade atingiu-me com uma força inimaginável. Os últimos (quase) 16…

  • A nossa aventura

    15 meses de ti

    15 meses.. À 15 meses atrás nascias tu e reinventava-me eu. Nascia a nossa família. Faltam as palavras. Enrola-se a língua. Surge um nó na garganta quando, por algum motivo, te tento descrever. Só te digo meu amor, tens a gargalhada mais pura que alguma vez ouvi e o sorriso mais quente de todos. Mas não será isso que todas as mães sentem?! A ti, meu filho, só te consigo dizer que desde o dia que nasces-te és a razão pela qual consigo acordar com um sorriso mesmo após uma noite quase em claro. É por ti que mesmo nos dias mais duros os enfrento com a cabeça erguida e…

  • A nossa aventura

    A Madrinha do meu filho

    É a pessoa mais forte que conheço, daquelas que move mundos e fundos por quem gosta. É corajosa, das mais corajosas que já vi, e enfrenta o mundo com uma força inexplicável, mesmo quando este a atira o chão. Encara a vida de frente e nunca a vi desistir de nada. Já não sei à quantos anos faz parte da minha vida. São tantos, mas tantos que já lhes perdi a conta. E nunca, em ano nenhum, me desiludiste. A vida encarregou-se de nos juntar a toda a força, mesmo quando nós próprias  não o sabíamos (de que outra maneira poderia ser se já brincávamos juntas e nem nos lembramos?).…