A nossa aventura

Inicio da nova aventura

Mochila pronta… Não! Espera! Esqueci-me da naninha favorita… Talvez seja preciso mais uma chucha.

Pronto agora sim, está tudo.

Respirei fundo. Guardei as lágrimas no bolso e amarrotei só mais um bocadinho o coração.

Entrei meio que a medo e desejei (mais uma vez) para que Elas tivessem o mais doce sorriso e amor no olhar. Mentalmente fiz a lista de tudo o que não me podia esquecer de lhes dizer, de todas as coisas que precisava de deitar para fora para garantir que ficavas bem.

E tu?! Tu corrias corredor a cima e a baixo como que se reencontrasses velhos amigos e novos lugares para explorar.

Saltaste para dentro da sala, corres-te para os brinquedos e não te preocupaste com nada mais.

Disse adeus, atirei-te um beijo e sorri-te.

Cada passo que me afastava de ti, apoderava-se um mim um mau estar fisico como nunca havia sentido.

Deixei as lágrimas saírem.

Segui em frente e esperei que tudo corresse pelo melhor, afinal de contas, tu tinhas ficado tão feliz, e no final de contas apenas isso importa.

Brincas-te, corres-te, saltas-te, riste e foste feliz.

No final do dia quando te voltei a abraçar e soube mais sobre o teu dia, desembrulhei o coração e dei-te os beijos mais repenicados de sempre.

Que os próximos anos assim sejam repletos de amor e cuidado ❤️

Partilhar

Deixe uma resposta